quarta-feira, 28 de novembro de 2012

troca de correia renaut master Motores 2.5 e 2.8 Diesel




Motores 2.5 e 2.8 Diesel
Citroën: Jumper 2.8; Fiat: Ducato 2.5 e Ducato 2.8; Iveco: Daily 2.5 e Daily 2.8; Peugeot: Boxer 2.8; Renault: Master 2.5 e Master 2.8
>>Procedimento para verificação do sincronismo do motor
:.
Vista geral da correia dentada
Retire as correias dos órgãos auxiliares (alternador, ar condicionado etc);
Retire as capas de proteção superior e inferior da correia dentada;
Com a correia já exposta gire manualmente o motor (no sentido de rotação) até que o furo existente na polia da bomba injetora alinhe-se com o guia existente na capa traseira da polia - figura 1. Com os furos já alinhados, insira o pino para fasagem da bomba injetora - figura 1;
Nessa condição, as marcas existentes na polia do virabrequim e na polia do eixo comando de válvulas devem alinhar-se com as referências correspondentes (figuras 2 e 3);
Caso seja verificado sincronismo incorreto ou se deseje substituir a correia, faça o procedimento a seguir.
>>Procedimento para substituição da correia
Com o motor devidamente sincronizado, conforme descrito no item anterior (figuras 1, 2 e 3), efetue o procedimento a seguir:
Trave o volante do motor e retire a polia do virabrequim. Atente para não perder o sincronismo (figuras 1, 2 e 3);
Para possibilitar a retirada da correia, comprima o êmbolo do pistão do tensionador e trave-o nessa posição. Para comprimir o êmbolo faça uma alavanca em sua extremidade com o auxílio de uma chave de fenda
:.
Figura 1
(figura 4). Para travar o êmbolo utilize uma ferramenta especial (figura 4);
Retire a porca central e a capa do tensionador (figura 4);
Afrouxe a porca da base do tensionador, sem retirá-la;
Alivie a tensão do tensionador sobre a correia e retire a correia;
Instale a nova correia no sentido anti-horário, começando pela engrenagem do virabrequim;
Instale a capa e a porca central do tensionador, sem apertá- la. Acople também, sem apertar, a polia do virabrequim com seu parafuso;
Retire o pino para fasagem da bomba injetora e destrave o
Pino para fasagem da bomba injetora
Referências para o sincronismo (na parte superior da polia)
Polia do eixo comando de válvulas (chavetada)
Rolamento auxiliar
Polia da bomba injetora
Referências para o sincronismo
Conjunto do tensionador (sob a capa)
Capa do tensionador
Referências para o sincronismo
Polia do virabrequim (chavetada)
Polia da bomba injetora
Furo para sincronismo alinhado com seu guia


volante do motor;
Dê dois giros manuais completos no motor;
Confira atenciosamente a condição de sincronismo do motor (figuras 1, 2 e 3). Se for necessário efetue ajustes;
Aperte a porca central e a porca da base do tensionador
(figura 4);
Reinstale tudo o que foi retirado. Os torques recomendados são: - Parafuso da polia do virabrequim: 200 N.m ou 20 Kgf.m - Porca central do tensionador: 40 N.m ou 4Kgf.m - Porca da base do tensionador: 25 N.m ou 2,5 Kgf.m
:. :.
Figura 2
Figura 4 Porca da base do tensionador
:.
Figura 3
Tensionador
Capa do tensionador
Polia do eixo comando de válvulas
Porca central do tensionador
Referências para o sincronismo
Pistão do tensionador
Ferramenta para travar o pistão do tensionador. Quando está comprimido, o tensionador possibilita o alívio da tensão da correia
Polia do virabrequim
Referências para o sincronismo

0 comentários:

Postar um comentário